Buscando um novo rumo que faça sentido…

2
Estou me sentido do mesmo jeito que um viciado deve se sentir ao ter uma recaída: frustrada. Foram meses de puro ‘auto-consolo’, de pensamentos positivos para gostar nem que fosse um pouco, dessa cidade, do colégio e tudo mais. Voltei para a estaca zero. Para onde as semanas são como subir a ladeira com uma pedra nas costas. Para onde um mísero ano demora séculos para passar. Eu quero ir pra casa, mas o que eu sinto aqui dentro me diz que a minha casa definitivamente está bem longe daqui. Passei esses meses atrás de alegrias e pessoas que me reconfortassem, e de fato as encontrei. Mas parece que com a mesma facilidade que vem, elas vão. Eu estou cansada, mas agora falta pouco. E no meio a tudo isso, eu percebo quanta sorte eu tenho, por ter encontrado alguém que não me abandonou mesmo depois que as coisas ‘terminaram’. E às vezes, nas mais banais das minhas atividades, eu me pego pensando em nós. Eu sorrio por dentro e penso se não é bobagem. But I bet in us.

…nesse mundo louco com o coração partido.

About these ads

Tags: , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: