Cansaço

Imagine uma pessoa pálida com profundas olheiras embaixo dos olhos, que só são disfarçadas depois de muito corretivo. Imagine um cabelo estilo bombril preso num rabo-de-cavalo. Imagine uma cara de cansaço puro e esta será eu.Essas aulas de manhã, de tarde e de noite estão acabando comigo.De manhã eu quase durmo e não aguento olhar pra todas aquelas fórmulas de física.De tarde não quero sair de casa e de noite eu me irrito.Seguinte, se as pessoas estão fazendo um curso preparatório para uma prova deviam estar um pouco mais interessadas em aprender, relembra ou seja o que for. Não vou negar que eu converso um pouco também, mas eu sei muito bem que não é exageradamente como uns.Também não sou narcisista a ponto de ficar me olhando de dois em dois minutos no espelho. Ver os professores quase surtarem dá vergonha, dá a impressão de que todos lá somos fúteis.Não quero dizer que essa seja a verdade absoluta, mas é a minha opinião. Mas parece que pais não entendem os nossos pontos de vista. Esses dias, em uma conversa durante o almoço, depois de conseguir engatar alguma conversa com o meu pai, que é de poucas palavras e faz muitas caretas enquanto come, falei sobre o cursinho  e sobre as aulas. Só falei por não ter mais ninguém com quem falar, porque na realidade, eles não perguntam e também não parecem fazer questão de saber da minha vida. Disse que achava normal conversar em aula, e que era super diferente de um cursinho e que sim, eu só ia pro colégio porque era obrigada. Minha mãe veio com sete pedras na mão e disse que o assunto acabara ali. Meu pai completou ironicamente dizendo que semana que vem eu não precisava mais ir às aulas. Tudo bem, guardem toda a sua velhice e sarcasmo pra vocês, eu só disse o que eu penso. Se eles acham que eu vou feliz para o colégio pensando em aprender fórmulas complicadas que nunca serão usadas na minha vida, eles estão profundamente enganados. Talvez eles fossem assim, mas eu não sou e pronto. Fora toda essa história que por acaso, eu escrevi aqui, eu estou me sentindo meio triste.Ela não quer falar comigo e finge que está tudo bem. Mas age normalmente com os outros. O que é que tem de errado comigo? Fui eu que falei demais? Falei o que não devia? Me meti onde não fui chamada? C. , não venha me dizer que não é nada, não minta.

Agora vou me jogar na cama, digerir o milk shake de morango que eu tomei.Mais tarde tem festa de quinze anos, onde todas as paredes falam e me vigiam, cuidando, vendo se eu tenho juízo. HISUA u_u

Beijos ;*

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: