Todos os meus rascunhos viraram um post só

Faz uns dias eu sentei e mesmo que em meio a soluços, consegui dizer tudo o que eu tinha pensado com a cabeça no travesseiro, pra minha mãe. As primeiras reações foram bem negativas, ficou me falando ‘umas verdades’ encostada no corrimão da escada, então eu chorava mais ainda, tinha saudade da mãe que me abraçava quando eu chorava e me dizia que eu podia contar com ela. Depois de um pouco mais de conversa essa mãe apareceu. A nossa relação nunca foi como muitos tem orgulho de dizer ‘mãe, amiga’ .A minha mãe é mãe. Se é que me entendem. Nos ultimos dias, tudo tinha sido muito mais do que eu podia suportar, e eu precisava chorar. Na verdade eu precisava colocar aquilo pra fora, na frente de alguém que eu não tivesse vergonha de soluçar, ficar vermelha, e transbordar de lágrimas. Isso me aliviou, e me deixou mais próxima dela. Apesar de ela ter me jogado na cara tudo o que eu não queria ouvir. De que eu não cumpro os meus horários direito, que não levo as coisas do colégio à sério, que eu me irrito demais com a Julia, que não sei o que e não sei o que lá. Não importa, sei que por muitos dias ela me via e me abraçava prontamente, e isso me deixava muito feliz. Mas passado mais algum tempo, parece que aquela conversa nunca aconteceu, voltou a reclamar e a ser como era antes ._. Chororô em vão? Não, foi um alívio.

Mudando de assunto. Essa é semana Farroupilha, e não sei se é impressão minha, mas eu fiquei mais empolgada que todos os meus amigos juntos. Comprei e torrei o dinheiro da mãe e do pai em bombacha, alpargata (aquele chinelinho estranho que eu jurei que nunca usaria, é esse mesmo), camisa, e um lencinho com cavalinhos  *-* Mas eu me acho mega estranha usando essas coisas. Mesmo não sendo daqui, ou até deve ser esse o motivo, eu acho lindo os outros usando essas roupas, mas como eu disse, é estranho. Ninguém na sala vai vestido -mimimi- e isso é tão triiiiste, queria ver como fica cada um usando essas roupas. HAHAHA. Quarta-feira tem baile e eu queria muuuito ir, a mãe até deixou mas eu não sei onde vende convites, se vou mesmo ter que comprar e quase nem tem mais tempo. E tem o ‘mas’ – roupas. Again, eu falando de roupas, mas eu não tenho uma roupa ‘gaudéria social’. HAUISHAUIS Ah, eu inventei, mas foi uma boa descrição, vai. Whatever, vou ver o que faço da minha vida.

Nota: eu resisti por muito, muito, mas muito tempo. Nunca achei graça naquilo, mas finalmente criei meu Twitter. HAHAIUHS @luluuba

Beijos e queijos meus leitores invisíveis que eu sei que existem ;) hahaha

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: