Me sinto só, e aí?

   ‘A solidão é o sentimento que mais aterroriza os homens’ dizia em em alguma página de Robinson Crusoé. Não tenho razões para discordar de tal frase. 
  Hoje, estava sentada com uma menina transferida de Fortaleza, esperando a educação física começar, e estávamos fazendo aquelas perguntas de praxe, como ‘de onde você veio?’, ‘tá gostando do CMRJ?’, etc. E por incrível que pareça, ela disse que se sentia exatamente como eu me sinto. ‘Eu gosto, e eu falo com um monte de gente, mas ainda não achei uma amiga, nenhuma pessoa que tenha a personalidade igual a minha, ainda não ‘me achei’ por aqui’. Exatamente, a solidão existe mesmo quando estamos rodeados de pessoas.
  A minha parte para amenizar essa situação eu estou fazendo pelo menos, preenchi e entreguei já a minha ficha para mudança de Arma. Queria ter ido pra Cavalaria, mas quase ninguém foi pra lá esse ano, além do mais, não estava afim de fazer teste de equitação nenhum. Estou na Artilharia e sabe, não me acostumei muito com o pessoal da minha turma, a sala cheia de nerds que não se dão ao trabalho nem de saber quem eu sou, ou de olhar para a minha cara. Claro que há excessões, mas também não tem ninguém lá que more perto de mim, o que torna as coisas difíceis, já que nada no Rio é perto. Na minha ficha eu pedi pra mudar pra Comunicações, pois a maior parte das pessoas que eu conheço estão lá, mas o processo estava com cara de que ia demorar, né, então mandei meu pai lá. Ele falou com o comandante da bateria, e o cara ainda quis tentar convencer o meu pai de que não era bom e não sei o que mais. Cara, eu não quero a tua opinião, eu quero a tua assinatura no meu papel, ok? Argh, odeio tanta burocracia naquele colégio…
  Ah, e se tem algo que eu odeio também, é escolher, ter que optar por uma coisa dentro de várias opções é uma tragédia. Sempre fico achando que fiz a escolha errada e tudo mais. Mas estou convencida de que escolhi o esporte certo, apesar de todos dizerem que o professor é uma ‘flor de pessoa’ e além do que, escolhi algo diferente, que dificilmente eu teria em outro colégio, ginástica de trampolim. Hmm. A única coisa que me dá aversão às palavras ‘educação física’ é que: no Rio de Janeiro, você já sua naturalmente, parece uma sauna, dá pra perder uns 5 quilos só parado. Agora imagina correndo, pulando e fazendo sei lá mais o que? Medo G_G Vou desidratar. Haha.

Acho que hoje vou caminhar na pista que fica ali perto do Pão de Açúcar, se eu não deixar a preguiça me matar. E não vou correr, porque correr é para jovens, atletas…e eu sou uma velhinha sedentária, ok? Vou caminhar, e se der eu vou tentar tirar foto das tartarugas que aparecem por ali, mas tenho medo de levar a câmera.

Beijos ;*

Anúncios

Tags: , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: