Cause all of the star, are fading away

Já vou avisar que tem spoilers.

Na minha humilde opinião, essa é uma das melhores cenas de filme que eu já vi. Ela não é linda (tá, eu acho u_u), não tem nada de especial, muito menos termina o filme com um beijo, mas ela é autoexplicativa.
Não sei se você que está lendo já viu ‘Efeito Borboleta’, mas é um filme que eu considero muito bom, apesar de a crítica ter apontado falhas no enredo e ter desaprovado o final, o que eu considero a melhor parte. No filme, Evan, interpretado pelo Ashton Kutcher, consegue com as suas anotações voltar pra determinados momentos da sua vida, mas cada vez que o faz, algo dá errado e consequentemente, todo seu futuro muda também. Fica bem claro ao longo da trama que sempre, sempre, alguma coisa dá errado na vida de alguém, tanto na de um dos amigos, na da Andrea ou na sua própria.
Personagens e cenas à parte, o que eu vim comentar aqui é que a cena final é simplesmente incrível. Ele decide voltar no passado e nunca conhecer a menina, só assim, as coisas dão certo pra todos. O filme todo é uma grande relação entre culpa e consciência, porque a todo momento, ele muda completamente a vida de todos a sua volta. Mas o ato em si, do Evan escolher nunca ter conhecido ela, é simplesmente provar que amar é ver a pessoa feliz, é deixar livre.  Obviamente o filme gira em torna de muito mais do que isso, tem toda a teoria do verdadeiro ‘Efeito Borboleta’, mas whatever.
Vários filmes chegaram nesse ponto, esse do ‘nunca conhecer’, até Lost já chegou aí – James e Juliet. Mas como eu sou suspeita pra falar, acho que Efeito Borboleta é o mais ‘tocante’, principalmente por ‘Stop crying your heart out’, do Oasis, ter encaixado perfeitamente. Nessa até o crítico do filme teve que concordar, segundo ele, só pela trilha sonora o filme já vale um bilhete de cinema.
Não vou dar uma de chata. Tá, eu vou sim. HAHA. Mas concordem comigo que ‘provas de amor’ são cada vez menos visíveis. Não, ninguém precisa gritar ao quatro ventos o quão grande é o que sente, mas dizer ‘eu te amo’ e ter atitudes que comprovem isso não seria nada mal. (:


Anúncios

Tags: , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: