Corrente de AMOR

dsc09570

Quero a chance não concedida nem que seja tarde. Ser o ombro amigo prometido, não mais um motivo de preocupação. Não quero ser teu rancor, nem tua tristeza. É tudo como um ciclo, a gente doa de si e recebe sem perceber. Doa-se tempo, atenção, confiança. Em que momento eu interrompi essa troca? Quando a gente errou? Vai passar? A gente é cheia de perguntas e quase sempre se esquece que juntas é mais fácil de encontrar as respostas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: