Só sei que eu sinto falta, mais do que durante todo esse ano. É como um amigo meu escreveu uma vez. Não é como um morro, que subir é difícil, e no final descer é mais fácil. É como uma piscina, você nada, nada, nada, e fica cada vez mais difícil voltar para respirar. Eu estou no limite do meu fôlego, a saudade já é demais. Acaba logo, ano idiota, eu quero ir embora, quero te abraçar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: