Retrospectiva querida de cada ano

“And you ask me what I want this year, and I try to make this kind and clear. Just a chance that maybe we’ll find better days, cuz I don’t need boxes wrapped in strings and desire and love and empty things, just a chance that maybe we’ll find better days. So take these words and sing out loud, cuz everyone is forgiven now, cuz tonight’s the night the world begins again.” Better Days – Goo Goo Dolls

Me esforçarei pra não fazer a minha ‘retrospectiva 2010’ virar uma ‘lista de motivos para odiar 2010’.
Em 2010…
…eu voltei a morar no Rio de Janeiro.
…voltei a estudar no CM, onde eu relembrei todos os motivos de odiar tanto estudar lá.
…peguei a primeira recuperação da minha vida (e última, espero). haha
…tive o pior Carnaval de todos, porque passei no clube cercada de gente desconhecida.
…viajei para o sul, para o aniversário da Karol. Relembrei bons momentos e criei alguns muito ruins. Bebi Black Label pra caralho, porque era de grátis, oi. :3 hahaha
…perdi todos os shows que poderiam ter sido legais aqui no Rio, como Bon Jovi, O Teatro Mágico, Forfun, etc, etc.
…engordei. E não tô dizendo pra que me convençam do contrário, por favor.
…conheci um estudante de direito lindo que perdeu todos os seus pontos ao abrir a boca e mostrar o quão mongolóide era. ahahahah
…conheci pessoas que com um certo tempo demonstraram que graças à elas o meu 2010 valeu à pena.
…conheci infinitos filhos da puta, fofoqueiros e pessoas com uma criatividade absurda para inventar histórias.
…conheci, mesmo que pouco, a parte divertida do Rio.
…passei mal com bebida pela primeira vez.
…quebrei dois celulares.
…me decepcionei muito com pessoas que eu confiava.
…comecei a ter medo de mar (?). Não me pergunte o porquê.
…quis me matar pelo menos umas 983723 de vezes. UAHAUHA Sério.
…li pouquíssimos livros, mas em compensação escrevi bastante.
…dormi em quase toooodas as aulas que pude.
…enfim, não foi um ano completamente ruim, foi…suportável?

Sabe, eu mudei muito ao longo do ano, e ao meu ver, para pior. Mas agora no final do ano, acho que mesmo que com princípios inexistentes, me mudaram pra melhor e serei eternamente grata por isso. Clichê, ‘gay’, seja o que for, esse ano por mais que eu tenha levado muitos ‘tapas na cara’ para aprender, eu amei de verdade. E nem a maior das mentiras poderá mudar isso.
Em 2011 eu espero realmente continuar melhorando, aprimorando cada parte de mim que ainda está ‘ruim’, tentar mudar mesmo. Alguém uma vez disse que devemos ‘nos reinventar e nos transformar na melhor edição feita de nós’. E não farei planos concretos, nem listinha alguma, porque elas nunca são cumpridas e só trazem frustração. Eu só desejo que 2011 seja um ano mais feliz, mais verdadeiro e menos doloroso (:

Vestibular ano que vem, NOOOO.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: