Estante

Todas as estrelas do céu ♥♥♥ +
Altamente suspeito da minha parte falar sobre como esse livro tem uma história bonita, já que ele foi presente de alguém muito especial. Eu havia falado dele em um post e, para minha surpresa, recebi pelo correio de um amigo – e quase morri chorando, ô saudade! Acontece que a situação retratada é bem incomum – a não ser que você se apaixone pelo seu irmão adotivo, hm – então não rola uma identificação muito fácil. Apesar de que, amor é amor, e amor impossível sempre acontece na vida da gente. Mesmo assim, é super tranquilo de ler e lembra várias vezes ‘Romeu e Julieta’, numa versão mais moderna e brasileira.

Noites de tormenta ♥♥♥♥ +
Diferentemente de meio mundo, acho que antes desse eu não tinha lido nenhum livro do Nicholas Sparks. Mas a fama corre, né? Romances de chorar que fazem com que você aumente 500x suas expectativas com os homens. E decepcione-se umas 500x mais também, mas não vem ao caso, talvez essa seja uma visão pessimista passageira. Não me surpreenda que seja trágico, afinal, todo romance que se preze é um pouco assim, mas achei lindo retratar o amor de uma visão mais madura, que talvez meus pais teriam. De quem pesaria filhos, responsabilidades e decepções passadas antes de se entregar, que temeria o ridículo de se mostrar apaixonado depois de tanto tempo. Mas, talvez por motivos mais meus do que qualquer outra coisa, eu me emocionei demais com a relação pai e filha da personagem…uma pontinha de saudade incomodou dentro de mim.

Ensaio sobre a cegueira ♥♥♥♥♥ +
Minha professora do segundo ano tentou com todas as forças me fazer gostar de Clarice Lispector. Em vão, e juro que não foi por birra. Só me estressa demais quem idolatra alguns escritores e usam um único argumento contra quem não tem a mesma opinião: ‘você não entende a profundidade da escrita do fulano, é preciso estar em outro patamar da leitura para compreender o que ele quis dizer’. Sinceramente, tenho preguiça de descobrir se já cheguei ou não no nível Lispector de ver a vida. Mas  quanto à José Saramago minha professora foi meio indiferente. A leitura obrigatória era ‘As intermitências da morte’ (♥) que, depois de eu me acostumar com a escrita naaaada convencional, eu achei incrível. É uma história daquelas que você para e pensa…’como esse cara imaginou tudo isso?’. ‘Ensaio sobre a cegueira’ é a mesma coisa. Infelizmente, eu assisti o filme antes de ler. Mas não digo isso por achar o filme ruim, pelo contrário, foi uma adaptação super bem feita na minha opinião, mas sim porque senti falta de imaginar os personagens. A beleza da rapariga de óculos escuros, o velho da venda preta, a mulher do médico, o rei da ala 3… senti falta de imaginar o caos que a vida às cegas se tornou, a imundíce do manicômio e das ruas. Não que o horror visto no filme não seja suficiente, mas acho que essa seria uma parte da graça do livro. Além disso, é curioso ver como nós, seres humanos, tão dependentes da visão, regredimos à um comportamento animal quando esse sentido nos é tirado. ‘Quem tem olho em terra de cego é rei’ passa longe de ser verdade. Quem tem olho em terra de cego trabalha dobrado, responsabiliza-se pelos demais e sofre, principalmente sofre: o mundo ruir. Saramago retrata tantos aspectos que mudariam na nossa vida se o mundo todo repentinamente cegasse, que eu poderia escrever mais algumas dezenas de linhas sobre isso. No entanto, acredito que ler o livro seja bem mais gratificante do que isso aqui.
Recentemente descobri que ele é leitura obrigatória na UFGD, e nossa, achei isso tão legal! Minha lista de livros para a UFSM está paradinha, paradinha, por pura falta de interesse. Queria ler por livre e espontânea vontade livros que acrescentassem, nem que indiretamente, aos meus estudos para o vestibular. Acho que ler por si só já é algo. É, minha professora não se decepcionaria tanto.

blindness2
blindness_01
BLINDNESS
blindness-4 
Cenas do filme ‘Ensaio sobre a cegueira’ (Blindness), que tem uma fotografia linda♥ e foi dirigido por um cara brasileiro.

Anúncios

Tags: , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: