Love is like a*

 
Senti falta de todas as noites em que o céu era o chão e você era o mundo. Quando todas as luzes coloridas pareciam me cegar, eu senti os seus braços se fechando ao meu redor, num círculo, sem saída. Eu não queria ter saída. Amor não tem saída. Os gritos bêbados e a música alta ficavam em segundo plano, o primeiro éramos nós. Eu pequena me encolhia dentro do seu abraço, quase dentro de você. Estava quente de você e do whisky na garganta. O que aconteceu ninguém sabe e, se você souber, por favor me conte. Perdi seu telefone e a vontade de correr atrás. O abraço deve ter ficado incômodo, o resto do mundo tentador. Você soltou e eu fiquei quietinha. Ainda estou quietinha aqui, tentando manter o calor que você deixou.

*escrevi ano passado, certeza.

Tô postando coisas aleatórias salvas aqui só pra atualizar, gente (:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: