qualquer coisa

Amanhã de manhã (quando você chegar, não estarei mais láaaaa hahahah)* eu pego um avião pra Santa Maria e fim da tarde estarei lá. Acho que vou estranhar dessa vez, porque a viagem não é tão longa quanto a que eu tô acostumada, que é até Rosário. Mas estranharei também, porque eu não tô empolgada e isso é tipo, um milagre. Vocês não tem noção do quanto essa inscrição no vestibular da UFSM foi batalhada aqui em casa, viu? Discussão, choro e o pacote completo. E durante uns bons três anos ‘Santa Maria’ resumia minha visão de futuro, não importava como, o que, eu ia morar lá, porque assim, era a única coisa que eu fazia questão. Já existiu um plano um dia, mas daí que do plano sobrou só eu. E o eu não sabe o que fazer. Lógico, vou tentar fazer a prova direitinho – com os minutos de estudo que eu tenho, putz – mas definitivamente já é algo superado, do tipo, se eu não passar, não me decepcionarei tanto quanto o faria alguns meses e anos atrás.
Tudo bem, tudo bem, mas…e agora? Agora eu digo pra vocês como é impossível planejar teu futuro quando o teu presente está lindo, quando tu está feliz. Se eu pudesse fechar os olhos pra tudo e imaginar apenas o que eu quero, a primeira coisa que me viria à mente seria uma única…é.

Quase duas da manhã e eu aqui atualizando minha playlist pras horas que passarei em Congonhas. SENHOR, como eu odeio ficar parada naquele lugar. Menos pior que Guarulhos, claro, mas ainda assim ruim. Esperar é sempre ruim, imagina então ficar esperando 928298 horas com uma mulher por um microfone chiado dizendo ininterruptamente ‘clientes tam-istaralanhence insira aqui infinitas baboseiras’. Teste de paciência ou castigo? Não tenho feito nada de ruim, vou de primeira opção. Mas né, gente, chegarei pra hora do almoço que taaaaaal aquele prato de pedreiro da rodoviária que eu tanto amo? O prato, não a rodoviária, hm, português pegando aqui. Sei que essa viagem é sempre uma mistura de ódio e amor, porque fazer as coisas sem depender de ninguém é maravilhosamente bom, mas não ter ninguém pra conversar é enlouquecedor.

Aviso aos navegantes, estarei com o meu celular da claro e não com o da tim. Incrível como as pessoas ficam bravas quando ligam pro chip errado e não me acham, é muito amor hahahah.

Sete horas eu tenho que estar de pé, prometo que reclamo outro dia sobre motoristas de Campo Grande que não sabem o que é PISCA e acham que caminhonete ridiculamente grande é status. Vão pra roça, queridos.

Ai céus, porque é que eu tô falando tanta merda? Certamente me envergonharei disso depois, mas é a vida né.

*piadinha interna que não resisti

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: