Observações interessantíssimas do dia de hoje

3 de maio de 2012

Não vou dizer ‘campograndense é estranho’ porque generalizar é sempre uma sacanagem. Quem sabe, ‘o pessoal do meu cursinho é extremamente estranho’ soe melhor.

Pra quem não sabe, Campo Grande na maioria dos dias é quente. Bem quente. Independente disso o pessoal do cursinho está sempre – põe convicção nesse sempre aí – de casaco. Deve ter algo de muito cool nisso, mas né, deixa eu me sentir piriguetche indo de shortinho.  Acontece que, pois é, o frio resolveu dar as caras por uns dias e as pessoas continuam vestindo os mesmos casacos – até menos – e…ãh? Me senti estranha de trentch coat e cachecol de lã, toda gordinha de camadas de blusas. Mas dei risada mentalmente daquela gente se encolhendo de frio na porta da lanchonete.

Alguém me explica a contradição porque eu ainda tô querendo acreditar que é só implicância minha. Juro que tentei fazer amiguinhos, conversei com pessoas diferentes, mas no fim eu acabo me fazendo de míope e ãh, não te cumprimentei? Desculpa, nem te vi! (…)

Me segurei e não vou contar da guria que resolveu compartilhar a relevante informação do preço do Cornetto de Angra, assim, VIU GALERA, EU JÁ FUI PRA ANGRA.


Será que tô muito chata? hahahah Eu sou legal, é só-uma-fase.

Anúncios

I said nothing can take away these blues…

1 de maio de 2012

…cause nothing compares, nothing compares to you.

I wanna a breeze in an open mind ♪

1 de maio de 2012

IMG_1548 

Acho que eu resumiria essa foto e qualquer coisa que eu venha a dizer aqui em: é muito bom fazer programas diferentes! Sair do usual ‘vamos num barzinho/nos amontoar na casa de alguém andgethigh.’ Claro que isso exige pessoas bem dispostas a pegar o espírito da coisa e se sujeitar aos imprevistos. Essa manhã me rendeu um lindo bronze estilo ‘nadador’ nas costas, e uma pequena lesão em dois tendões. E só da perna direita (como assim?) hahahahh, sedentarismo batendo à minha porta. Mas foi lindo e da próxima vez terá lanchinho, pra render mais e tal. E protetor solar. E quem sabe mais amigos que se empolguem com a parada toda de mudança de ares, mas tá difícil. Minha próxima meta agora é o Slackline. *pausa dramática para visualização da cena*. Hahah, acho que não. Tá, não é nem uma meta, é só uma vontadezinha que dá quando eu estou caminhando e passo por aquela gente se estabacando loucamente. Deve ser divertido, né. Só sei que quero mais dias assim.

Trecho do título é de Maybe Tomorrow, do Stereophonics, muito bom de ouvir ♥