Memoriza-me

Amor, não podemos mais: ou te resolves de uma vez ou vou embora. Mesmo sem querer partir, isso ainda é o que faço de melhor. Sem adeus, sem sinais, cartas clichês ou bilhetes em bolsos de casaco. Só vou. E não vá atrás de mim, porque tu sempre me alcanças nas horas erradas, me deixando em pedacinhos. Gostas de me quebrar pelo puro prazer de me reconstruir. Sou teu quebra-cabeça, amor, daqueles de mil e uma peças. Daqueles difíceis de entender. Me montas de forma diferente a cada vez, hoje já nem me reconheço. O que me completava ontem, hoje talvez já não o faça mais. Estou estagnada aqui há tempos, como quem espera com olhos pregados nos ponteiros: segundos são eternidades. Amor, ‘eu não estou vivendo, estou matando tempo’. E toda vez que penso em partir, penso em ti. Quem sabe se eu esperar um pouquinho mais?

Anúncios

Tags: , ,

4 Respostas to “Memoriza-me”

  1. Fernanda Says:

    que lindo Lú esse post *-* saudades de você (L)

  2. Rafael Marto. Says:

    Vc q escreveu isso? Lindo. Vou roubar, ta? hahahaah

  3. Gabriel Says:

    Admirável. Só pra deixar registrado o meu real pensamento sobre o seu talento como escritora.

  4. segredosdeliquedificador Says:

    “E não vá atrás de mim, porque tu sempre me alcanças nas horas erradas”
    Seu texto disse tudo que eu pensava em escrever há um tempo atrás, lindo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: